domingo, 4 de outubro de 2015

O tesouro dos ventos

Certo dia, o vento Siroco convidou um menino para ir viajar com ele.
Nesse dia, pela primeira vez, o menino voou com a ajuda do vento Siroco que soprava com toda a força contra ele.
Esvoaçaram por casas e prédios até que viram um objeto brilhante e seguiram em sua direção. Eram dez moedas que tinham escrito "vento" e, no meio delas, um bilhete que o menino leu em voz alta:

"Se queres encontrar o tesouro do vento, vai para norte e é sempre em frente. De seguida, entra na gruta e lá verás o tesouro."

O vento Siroco e o menino foram para norte e não se enganaram no percurso. Quando chegaram à gruta, entraram com um certo receio. Pegaram numa lanterna e avançaram, até que encontraram a arca do tesouro. O vento Siroco e o menino levaram a arca para o exterior da gruta.
A arca era muito bonita, mas, infelizmente, não sabiam como a abrir.
- Vento Siroco, tens alguma chave contigo? - perguntou o menino.
- Sim, tenho oito - respondeu.
- Empresta-me, se faz favor - pediu o menino.
- Está bem - concordou ele.
O menino pegou nas oito chaves e tentou abrir a arca com todas elas. A que funcionou foi a quarta. O vento Siroco e o menino viram o esplendor do tesouro. Eram duas pulseiras mágicas que tinham os poderes do vento. Uma ficou para o menino e a outra para o vento.
O menino foi para casa e nunca mais temeu o vento (claro, o Siroco! É preciso algum respeitinho pelos ventos...).

Matilde F. R. R. Pinto - 5º B
AE Latino Coelho, Lamego




10 comentários:

Anónimo disse...

O teu texto está simples, muito engraçado e criativo.
Vamos continuar a ler o blogue para podermos inspirar-nos e escrevermos textos ainda melhores.

Alunos turma 5º B

António Francisco Pinto disse...


Gostei muito do teu texto Matilde achei-o muito criativo.




António Francisco

Anónimo disse...

O teu texto está muito criativo!
O teu texto merece este lugar.
Eu dou-te os meus parabéns!





Maria Dinis Tenreiro

5ºB

Beatriz Teixeira disse...

Eu acho o teu texto muito crativo

António Gonçalves disse...

O texto está engraçado e criativo, muitos parabéns Matilde.

Anónimo disse...

Bom texto !!!
Muito criativo.

Anónimo disse...

Adoramos o teu texto e achamos muito crivo e bonito, mereces este lugar e damos-te os nossos parabéns.







Beatriz e Inês do 5ºB

Anónimo disse...

Adorei Matilde.
Muitos Parabéns!!



Joana Gonçalves

Alessandro Viceconte disse...

Eu gosto muito

Anónimo disse...

É muito bom ver as novas gerações a escrever! Continua assim!







João Nuno Santos